terça-feira, 28 de novembro de 2017

Agressora da filha de Bruno Gagliasso ganhou 157 mil seguidores desde a polêmica

Incansável caçadora de encrencas nas redes, Daiane têm várias contas e costuma fazer troça quando é bloqueada, dizendo que não se importa, pois ela logo abre outra e mais outra e assim por diante

Da Redação*


A socialite Day McCarthy, a tal que foi alvo das denúncias de racismo contra Titi, filha de Bruno Gagliasso e Giovanna Ewbank, conseguiu o que queria. Ela aumentou em 28% o número de seus seguidores na rede social Instagram após a polêmica que iniciou no sábado (25). A brasileira que vive no Canadá gravou vídeos ofensivos sobre a filha dos atores e, desde então, ganhou 157 mil novos seguidores para acompanhar suas postagens.

Day, cujo nome verdadeiro é Daiane Lopes, tinha 556 mil seguidores no domingo (26), segundo dados da ferramenta Crowdtangle, voltada à análise de performance de conteúdo em redes sociais. Na tarde desta segunda-feira (27), no entanto, o número exibido na página oficial da socialite já é de 713 mil. Após as afirmações racistas, ela também trancou o perfil para ser visto apenas por usuários “aprovados” e bloqueou a opção de comentários.

Incansável caçadora de encrencas nas redes, a socialite já havia se envolvido em insultos anteriores a Rafaella Justus, filha de Ticiane Pinheiro e Roberto Justus, e também a Alexandre, filho de Ana Hickmann e Alexandre Corrêa. Neste domingo (26), ela usou como alvo a cantora Anitta, afirmando que ela é usuária de drogas e que teria “cheirado pó” até na sua frente.

Preparada para a polêmica, Daiane têm várias contas e costuma fazer troça quando é bloqueada, dizendo que não se importa, pois ela logo abre outra e mais outra e assim por diante.




*Com informações da Revista Fórum / TV Fama. Fotos: Instagram.

Nenhum comentário:

Postar um comentário