terça-feira, 28 de março de 2017

Manifestantes fazem passeata em Paula Cândido-MG contra reforma da Previdência

Manifestantes fizeram uma passeata em Paula Cândido-MG na tarde desta terça-feira (28 de março de 2017) contra a reforma da previdência. Professores e funcionários das redes estaduais e municipais, representantes de entidades, sindicatos, movimentos sociais e igrejas estiveram presentes na manifestação.

A reforma da previdência pretende modificar as regras da aposentadoria que prejudica também os trabalhadores do nosso município.

Entre as mudanças que mais afetam os trabalhadores estão:
● Aumento do tempo de contribuição para aposentadoria (integral) para 49 anos.
●Redução do valor geral das aposentadorias.

● Dificuldade no processo de aposentadoria rural.
Fomos a luta! E continuaremos lutando. Paula Cândido-MG Contra a Reforma da Previdência.
Paula Cândido Contra a Reforma da Previdência! A união faz a força!

Muitas pessoas foram chegando para participar desta importante manifestação contra a reforma da previdência.
A rua foi totalmente ocupada pelos manifestantes que levaram faixas, cartazes, apitos e panelas.
O protesto começou próximo ao posto São Mateus, de onde os manifestantes iniciaram uma caminhada até em frente à prefeitura. O grupo seguiu depois até a Praça Celso Machado onde o ato foi encerrado.

Choveu antes da manifestação. A manifestação contou com um grande número de paulacandidenses. A Polícia Militar (PM) acompanhou a manifestação.

Durante a manifestação teve: discurso, protesto, "fora Temer" e música também.

Ao final, os professores e funcionários da Escola Estadual Professor Samuel João de Deus e da Escola Estadual José Maurílio Valente, decidiram pela manutenção da greve até o dia 31, data em que vai acontecer uma reunião para decidir os próximos passos.

Parabéns a  todos que participaram e apoiaram a nossa manifestação contra a reforma da Previdência

Nenhum comentário:

Postar um comentário