segunda-feira, 20 de março de 2017

“Eu sou um cara de esquerda, sempre fui”, diz Marcelo Serrado

O ator disse também que ter defendido o impeachment não significa ser a favor de Temer.

Da Redação da Revista Fórum com Informações da Coluna de Mônica Bérgamo

Marcelo Serrado disse, em entrevista à colunista Mônica Bérgamo, que ter defendido o impeachment não significa ser a favor de Temer. Estas e outras pérolas foram proferidas pelo ator, que acabou de gravar cenas em que faz o papel do juiz Sérgio Moro no filme “Polícia Federal – A Lei é Para Todos”.


“Eu convivo com pessoas que pensam de vários jeitos, e muitos são de esquerda. Eu também. Eu sou um cara de esquerda, sempre fui. Nem todo mundo que foi a favor do impeachment é a favor desse governo.”

Serrado estava no grupo de atores que foi para os protestos contra a corrupção no ano passado —uma foto deles na van com camisetas do “Bloco do Moro” foi uma das mais compartilhadas na época.

Diz que não se arrepende de ter pedido o impeachment, mas admite ter mudado de opinião sobre algumas coisas. A figura que vai interpretar no filme é uma delas. Serrado chegou a dizer que seria como fazer um “herói nacional”.

“Eu mudei um pouco de pensamento. A gente tá o tempo todo evoluindo. Essa figura que as pessoas colocaram pro Moro, de herói… O herói me parece ser uma pessoa infalível, entendeu? E eu não vejo isso. Ele é uma pessoa normal, que pode errar.”

Nenhum comentário:

Postar um comentário