sexta-feira, 17 de março de 2017

Costa Pinto: ato em Monteiro será coroação de semana marcada por 'volta, Lula'

Jornalista Luís Costa Pinto avalia que a ida do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva à cidade paraibana de Monteiro, no próximo dia 19,"poderá se converter a partir do domingo 19 de março na São Borja contemporânea da política brasileira"; afirmação tem como base a análise de que visita de Lula ao Sertão paraibano pode se tornar um ato sinalizando que Lula será candidato à Presidência da República em 2018. A referência feita pelo Jornalista vem do município gaúcho de São Borja, quando Getúlio Vargas declarou ao jornalista Sammuel Wainer, em 1949, que voltaria ao poder, o que aconteceu no ano seguinte; para ele, "de Monteiro (PB), abençoado pelas águas transpostas do Rio São Francisco desde os lagos de Sertânia (PE), Lula autorizará que se faça ecoar pelo país seu "Eu Voltarei" contemporâneo


247 - O jornalista Luís Costa Pinto avalia que a ida do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva à cidade paraibana de Monteiro, no próximo dia 19,"poderá se converter a partir do domingo 19 de março na São Borja contemporânea da política brasileira". A afirmação tem como base a análise de que visita de Lula ao Sertão paraibano pode se tornar um ato sinalizando que Lula será candidato à Presidência da República em 2018. A referência feita pelo Jornalista vem do município gaúcho de São Borja, quando o ex-presidente Getúlio Vargas declarou ao jornalista Sammuel Wainer, em 1949, que voltaria ao poder, o que aconteceu no ano seguinte.

"O pretexto é dar a César o que de César é: a paternidade do perseverante ato de ter levado a cabo, a ferro e fogo, a obra de transposição do rio São Francisco e beneficiando cerca de 20 milhões de pessoas no semiárido nordestino", diz o jornalista.

"Se tudo certo, o domingo de Lula no Cariri será a coroação de uma semana perfeita para quem cruza tempestades e tornados de peito aberto, envergando uma prosaica sunga e segurando um garfo à mão, na falta de para-raios", completa.

A viagem à Paraíba seria a coroação de uma semana marcada pelo depoimento de Lula no âmbito da Lava Jato onde "por 48 minutos a perguntas frágeis da acusação e saiu gigante da sala de audiências. No dia seguinte, o ex-presidente discursou numa manifestação gigantesca na Avenida Paulista e começou a fazer convergir a seu favor a agenda da antirreforma da Previdência Social", destaca.

"Por fim, a autoanistia que parlamentares de todos os matizes ideológicos negociam (exceto, é verdade, PSol e Rede) terminará por conferir a Lula as credenciais necessárias para uma nova candidatura à presidência", avalia Costa Pinto.

Para ele, "de Monteiro (PB), abençoado pelas águas transpostas do Rio São Francisco desde os lagos de Sertânia (PE), Lula autorizará que se faça ecoar pelo país seu "Eu Voltarei" contemporâneo.

Leia aqui a íntegra do artigo de Luís Costa Pinto.

Nenhum comentário:

Postar um comentário