quinta-feira, 9 de março de 2017

‘Briga por paternidade legitima transposição, o que tende a favorecer Lula’

O cientista político Túlio Velho Barreto, da Fundação Joaquim Nabuco (Fundaj), avalia que o ex-presidente Lula tem a vantagem na briga pela paternidade das obras da Transposição do Rio São Francisco; "A obra já foi contestada no passado pelo PSDB. O governador de São Paulo, Geraldo Alckmin (PSDB), poderia estar denunciando que a obra não está completa. Poderia apontar que houve descuido e descaso. Mas todos estão tentando capitalizar em cima da obra, o que legitima o projeto em si. Isso tende a favorecer Lula"; prefeito de Sertânia (PE), Angelo Ferreira disse que o povo da cidade atribui a Lula a paternidade das obras, promessa de FHC não cumprida

Pernambuco 247 - O cientista político Túlio Velho Barreto, da Fundação Joaquim Nabuco (Fundaj), avalia que o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva tem a vantagem na briga pela paternidade das obras da Transposição do Rio São Francisco, que, após ser totalmente concluída, levará água para quase 400 cidades no interior dos estados de Pernambuco, Paraíba, Rio Grande do Norte e Ceará.


"A obra já foi contestada no passado pelo PSDB. O governador de São Paulo, Geraldo Alckmin (PSDB), poderia estar denunciando que a obra não está completa. Poderia apontar que houve descuido e descaso. Mas todos estão tentando capitalizar em cima da obra, o que legitima o projeto em si. Isso tende a favorecer Lula", disse ele ao JC.

Nenhum comentário:

Postar um comentário