sexta-feira, 11 de novembro de 2016

Paulo Coelho detona Aécio por não ter sabido perder

"Nos EUA, Clinton/Obama pedem que seus eleitores apoiem Trump. No Brasil, Aecio, já no dia seguinte - bem, vocês sabem...", comentou o escritor no Twitter, depois dos discursos feitos pelos derrotados nas eleições norte-americanas Hillary Clinton e Barack Obama; em sua fala, Hillary declarou: "Devemos aceitar o resultado e olhar para o futuro"; já Obama disse que "estamos todos torcendo agora para seu sucesso (de Trump) em unir e liderar o país"; um dia depois de ser derrotado por Dilma Rousseff em 2014, o senador Aécio Neves fez o oposto, contestando o resultado na Justiça Eleitoral e atirando o Brasil na maior crise de sua história

247 - O escritor brasileiro mais lido do mundo, Paulo Coelho, detonou o seandor Aécio Neves (PSDB-MG) no Twitter, após as eleições norte-americanas, por não ter sabido perder.

"Nos EUA, Clinton/Obama pedem que seus eleitores apoiem Trump. No Brasil, Aecio, já no dia seguinte - bem, vocês sabem...", comparou Paulo Coelho, se referindo à eleição presidencial de 2014.

Logo após a vitória de Donald Trump à presidência dos Estados Unidos, a candidata derrotada, Hillary Clinton, e o presidente Barack Obama, que atuou fortemente na campanha democrata, pediram a seus eleitores que aceitassem o resultado das urnas. 

"Devemos aceitar o resultado e olhar para o futuro", afirmou Hillary. "Estamos todos torcendo agora para seu sucesso (de Trump) em unir e liderar o país", completou Obama.

Já Aécio, um dia depois de ser derrotado por Dilma Rousseff na última disputa ao Palácio do Planalto, fez o oposto, contestando o resultado na Justiça Eleitoral e atirando o Brasil na maior crise de sua história.

Nenhum comentário:

Postar um comentário