segunda-feira, 3 de outubro de 2016

Haiti teme que 2 milhões de pessoas sejam afetadas por passagem de furacão

Equipes de ajuda humanitária das Nações Unidas estão monitorando Matthew, que também deverá atingir Bahamas, Jamaica, República Dominicana e Turks e Caicos nas próximas horas.
Gonaives, no Haiti. Foto: Minustah/Logan Abassi.
Monica Grayley, da Rádio ONU.

Funcionários de ajuda humanitária das Nações Unidas informaram que estão monitorando a passagem do furacão Matthew pelo Caribe.

Durante o encontro diário com correspondentes, o porta-voz do secretário-geral Ban Ki-moon afirmou que Matthew foi elevado à categoria 4 e deve atingir, já nas próximas horas, o Haiti, as Bahamas, a Jamaica, a República Dominicana e as ilhas Turks e Caicos.

Avaliação

Farhan Haq contou que as autoridades do Haiti acreditam que 20% da população do país devem ser afetados. O número equivale a 2 milhões de haitianos. A equipe de Coordenação e Avaliação de Desastre da ONU chegou nesta segunda-feira ao país caribenho.

O grupo de especialistas deve apoiar a resposta do país à passagem do furacão.

Já na Jamaica, quase 150 mil pessoas podem ser obrigadas a deixar suas casas por causa do impacto do furacão Matthew.

A ONU informou que já iniciou a recolocação de suprimentos e ajuda de emergência para socorrer quem precisa de auxílio.

Nenhum comentário:

Postar um comentário