domingo, 15 de maio de 2016

O nervosismo de Pontual, da GloboNews, ao falar sobre repercussão internacional negativa do golpe

Diante da enxurrada de notícias e declarações críticas da mídia internacional com relação ao afastamento da presidenta eleita Dilma Rousseff, o correspondente da emissora nos Estados Unidos foi obrigado a falar sobre o assunto e, ao noticiar o editorial do NYT que sai em defesa de Dilma, chega até a gaguejar. Vídeo viralizou nas redes. Assista

Por Redação / Revista Fórum

Na noite da última sexta-feira (13), apenas dois dias após o afastamento provisório, pela decisão do Senado, da presidenta eleita Dilma Rousseff, boa parte dos maiores jornais do mundo repercutiam negativamente o impeachment da petista e, principalmente, a formação do governo do vice-presidente Michel Temer (PMDB).

Ignorando, até então, o golpismo e os interesses que permeiam o processo de afastamento de Dilma, a GloboNews foi obrigada, até pelo alcance das informações nas redes, a noticiar a repercussão internacional negativa que estava posta com a formação de um governo composto apenas por homens, brancos e, principalmente, apoiado e formado por figuras com forte envolvimento com corrupção.

A missão ficou à cargo de Jorge Pontual, correspondente da emissora em Nova Iorque (EUA). Ao tratar do que estavam dizendo os jornais europeus sobre a formação de um ministério totalmente branco, masculino e sem representantes de minorias, o jornalista mostra claro incomodo e nervosismo. Quando noticia, então, o editorial do The New York Times que sai em defesa da presidenta eleita Dilma e diz que o problema da corrupção pode piorar com seu afastamento, pontual chega a gaguejar.

Nas redes sociais, o vídeo viralizou e foi ironizado por internautas.

“Gaguejou, gaguejou, mas teve que ler tudinho o que está no noticiário internacional! Bem feito!”, disse uma usuária do Facebook.


Assista.

Nenhum comentário:

Postar um comentário