sexta-feira, 1 de abril de 2016

Eduardo Suplicy (PT) confirma pré-candidatura a vereador em SP

O ex-senador pediu exoneração do cargo de secretário municipal de Direitos Humanos para que possa concorrer e atender a um clamor que diz ser “unânime” no PT paulistano

Por Ivan Longo / Revista Fórum
Eduardo Suplicy solicitou, nesta sexta-feira (1), sua exoneração do cargo de secretário municipal de Direitos Humanos de São Paulo. A saída da prefeitura será para que o ex-senador possa oficializar sua pré-candidatura a vereador nas eleições deste ano.

“Na segunda-feira tive uma reunião com o Diretório Municipal do partido e todos, por consenso, encorajaram-me a tomar a decisão. Também tenho conversado com o prefeito Fernando Haddad, que avalia que seja uma boa forma de trabalhar por São Paulo”, contou à Fórum o futuro candidato.

Derrotado por José Serra (PSDB) na disputa para o Senado em 2015, o petista assumiu a secretaria de Direitos Humanos em 2015 e é tido pela administração municipal como um dos secretários mais eficientes. Para Suplicy, no entanto, concorrer a uma cadeira na Câmara do Vereadores pode ser uma forma de ajudar e fortalecer seu partido na cidade.

“Da última vez que fui candidato a vereador, em 1988, tive 201 mil votos – o que, na época, era praticamente cinco vezes mais votos que o segundo lugar. Em função disso, me elegeram presidente da Câmara Municipal. Minha candidatura vai ajudar o partido”, disse.

Pelo Facebook, o ex-senador agradeceu ao atual prefeito. “Agradeço ao prefeito Fernando Haddad a formidável oportunidade com que me honrou. Foi um privilégio ter participado da administração da cidade nos últimos 13 meses”, postou.

Um comentário:

  1. Gostei da atitude, senador! Será sempre precioso onde estiver!

    ResponderExcluir